Silvestre Pinheiro Ferreira
 

 

BIBLIOGRAFIA DE SILVESTRE PINHEIRO FERREIRA
(Em ordem cronológica)

 

Antônio Paim
Instituto Brasileiro de Filosofia, São Paulo.
Instituto de Filosofia Luso-Brasileira, Lisboa.
Universidade Católica Portuguesa, Lisboa.
Instituto Tancredo Neves, Brasília.

 

  • “Notas” ao ensaio sobre os princípios da mecânica – Obra póstuma de José Anastácio da Cunha, dada à luz do D.D.A. de S.S. (Domingos António de Souza Coutinho), possuidor do manuscrito autógrafo. Amsterdã: Belifante & Comp., 1808.

  • Princípios de mecânica. Amsterdã: Belifante & Comp., 1808.

  • Considerações sobre a gramática filosófica. Rio de Janeiro, 1813.

  • Memória sobre um novo princípio no calórico. Rio de Janeiro, 1813, 2 volumes.

  • Preleções filosóficas sobre a teoria do discurso e da linguagem, a estética, a diceósina e a cosmologia. Rio de Janeiro: Imprensa Régia, 1813-1820. 2a. Edição. (Organização e Introdução a cargo de Antônio Paim), São Paulo: Grijalbo, 1970.

  • Categorias de Aristóteles, traduzidas do grego e ordenadas conforme um novo plano, para uso das Preleções Filosóficas do Autor. Rio de Janeiro: Imprensa Régia, 1814. 2a. Edição, (apresentação e notas a cargo de Pinharanda Gomes). Lisboa: Guimarães, 1974.

  • Índice da Parte I das Preleções Filosóficas. Rio de Janeiro: Imprensa Régia, 1818.

  • Sinopse do Código de Processo Civil, conforme as leis e estilos atuais do Foro Português. Paris: Firmin Didot, 1825.

  • Observations sur quelques passages du “Manuel Diplomatique” de Mr. le Baron Charles de Martens. Paris: Baucé Rusand, 1825.

  • Essai sur la psychologie, comprenant la Théorie du raisonnement et du langage, l’ontologie, l’esthétique et la dicéosyne. Paris: Imp. De Bethune, 1826. 2a.Edição, Paris: Casimir, 1828.

  • Prospecto e índice alfabético dos termos da Constituição do Império do Brasil e da Carta Constitucional portuguesa. Paris: Casimir, 1830.

  • Constituição política do Império do Brasil e Carta Constitucional do Reino de Portugal, em duas colunas, para servirem de texto ao Manual do Cidadão. Paris: Casimir, 1830.

  • Précis d’um cours de Droit Publique interne et externe. Paris: Casimir, 1830.

  • Observações sobre a Carta Constitucional do Reino de Portugal e a Constituição do Império do Brasil. Paris: Casimir, 1831.

  • Parecer sobre os meios de se restaurar o governo representativo em Portugal por dois conselheiros da Coroa constitucional. Paris, 1831.

  • Qu’est-ce la Patrie? Paris: Casimir, 1831.

  • Notes au “Précis de Droit des Gens” du conseiller de Maertens. Paris: Casimir, 1831.

  • Projetos de ordenações para o Reino de Portugal. Paris: Casimir, 1831-1832, 3 volumes.

  • Projeto de um sistema de providências para convocação das Côrtes Gerais e restabelecimento da Carta constitucional. Paris: Casimir, 1832.

  • Parecer sobre os meios de se restaurar o governo representativo em Portugal, seguido de novas observações que se publicaram em Londres sobre aquele parecer. 2a. Edição, Paris, 1832.

  • Observations sur le “Guide Diplomatique” de Mr. Le Baron Charles de Martens. Paris: Casimir, 1833.

  • Mémoire sur les moyens de mettre un terme à la guerre civile en Portugal. Paris: Casimir, 1833.

  • Observations sur la Charte Constitutionnelle de la France. Paris: Casimir, 1833.

  • Indicações de utilidade pública oferecidas às Assembléias Legislativas do Brasil e de Portugal. Paris: Casimir, 1834.

  • Manual do cidadão em um governo representativo ou princípios de Direito Constitucional, Administrativo e de Gentes. Paris: Casimir, 1834, 2 volumes. 2a.Edição, (introdução de Antônio Paim), Brasília: Senado Federal, 1998, 3 volumes, (edição fac-similar incluindo, no 3o.volume, a segunda edição do Projeto do Código Geral das Leis Fundamentais e Constitutivas de uma Monarquia Representativa).

  • Projeto do Código Geral das Leis Fundamentais e Constitutivas de uma Monarquia Representativa. Paris: Casimir, 1834.

  • Principes de Droit Public Constitutionel, Administratif et des Gens, ou Manuel du citoyen dans um gouvernement représentatif. Paris: Casimir, 1834.

  • Projet du Côde Général d’une Monarchie représentative. Paris: Casimir, 1834.

  • “Suplement” au Guide Diplomatique de Mr.Le Baron Charles de Martens. Paris: Casimir, 1835.

  • Projeto de um Banco de socorro e seguro mútuo. Paris: Casimir, 1836.

  • Noções elementares de ontologia. Paris: Casimir, 1836.

  • Declaração dos direitos e deveres do Homem e do Cidadão. Paris: Casimir, 1836.

  • Essai sur les rudiments de la grammaire allemande. Paris: Casimir, 1836.

  • Breves declarações sobre a Constituição Política da Monarquia portuguesa, decretada pelas Côrtes Constituintes reunidas em 1821. Paris: Casimir, 1837.

  • Observations sur la Constitution de la Belgique. Paris: Casimir, 1838.

  • Observations sur la Constitution du Royaume de Saxe. Paris: Casimir, 1838.

  • Cours de Droit Public Interne et Externe, avec les Observations sur la Charte de la France, de la Belgique et du Royaume de Saxe. Paris: Casimir, 1838, 3 volumes.

  • Preliminary discourse to a course of Political Economy. Paris: Fain & Thounot, 1839.

  • Projeto de Código Político da nação portuguesa. Paris: Fain & Thounot, 1839.

  • Noções elementares de filosofia geral e aplicada às ciências morais e políticas -(Ontologia, Psicologia, Ideologia). Paris: Fain & Tunot, 1839.

  • Principles of Political Economy by Mr. Mac Culloch for the use of schools accompanied with notes and preceded by a preliminary discurse by Mr. Pinheiro Ferreira. Paris: Fain & Thounot, 1839.

  • Précis d’un Cours d’Economie politique, suivi d’une bibliographie choisie de l’Economie politique par Mr. De Hoffmans. Paris: Raynal, 1840.

  • Projeto de associação para os melhoramentos das classes industriosas. Paris: Fain & Thounot, 1840.

  • Memória sobre a administração da justiça criminal, segundo os princípios do Direito Constitucional. Lisboa: Tipografia Lusitana, 1841.

  • Précis d’un cours de philosophie élémentaire: ontologie, psychologie, ideologie. Paris: Raynal, 1841.

  • Mapa sistemático das terminações dos nomes e verbos da língua francesa. Paris: Fain & Thounot, 1842.

  • Projeto de uma Enciclopédia. Lisboa: Imprensa Nacional, 1843.

  • Relatório e projeto de leis orgânicas para a execução da Carta Constitucional. (Apresentado em Côrtes, Lisboa, na sessão de 4 de abril de 1843).

  • Questões de Direito Público, e Administrativo, Filosofia e Literatura. Lisboa: Tipografia Lusitana, 1844-1845, 3 volumes.

  • Breves observações sobre o Tratado concluído em 1826, entre suas Majestades o Imperador do Brasil e o Rei da França. Lisboa: Tipografia Lusitana, 1845.

  • Précis d’un Cours de Droit Public, Administratif et des Gens, suivi d’un Côde politique pour la Nation portugaise. Lisboa: Imprensa Nacional, 1845.

  • Da oração do cristão. Lisboa: Imprensa Nacional, 1845.

  • Theodicée ou traité élémentaire de la réligion révelée. (Manuscrito no. 1113, conservado na Biblioteca da Academia das Ciências de Lisboa), 1845.

  • “Memórias e Cartas Biográficas sobre a Revolução Popular e o seu Ministério no Rio de Janeiro, desde fevereiro de 1821 até o regresso de S. M. o Sr. D. João VI com a Corte para Lisboa, e os votos dos homens d’Estado que acompanharam a S. M.”. In: Annaes da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 1877, volumes II e III.

  • “Cartas Publicadas”. In: COELHO, Maria Luiza C. R. de Souza, A filosofia de Silvestre Pinheiro Ferreira. Braga: Cruz, 1958, pg. 252-257.

  • “Documentos Inéditos”. In: COELHO, Maria Luiza C. R. de Souza, A filosofia de Silvestre Pinheiro Ferreira. Braga: Cruz, 1958, pg. 209-251.

  • “Carta de Silvestre Pinheiro Ferreira para o P.Fernando Garcia de 4 de agosto de 1831”. In: PEREIRA, José Esteves, Silvestre Pinheiro Ferreira: o seu pensamento político. Coimbra: Universidade de Coimbra, 1974, pg. 193-194.

  • Idéias políticas. (Introdução de Vicente Barreto). Rio de Janeiro: Documentário / Conselho Federal de Cultura / Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, 1976, pg. 11-18. (Coleção Textos Didáticos do Pensamento Brasileiro, no. 7).

  • Breves observações sobre a legislação que regula o direito de importação dos livros portugueses. Lisboa: Imprensa Nacional, [sem data].

Antônio Paim
Actualizado, julio 2004

 

© José Luis Gómez-Martínez
Nota: Esta versión electrónica se provee únicamente con fines educativos. Cualquier reproducción destinada a otros fines, deberá obtener los permisos que en cada caso correspondan.

 

Home Repertorio Antología Teoría y Crítica Cursos Enlaces